segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Olha no que deu a proposta do governo de Pernambuco: Gbmar Adere a operação padrão Legalidade

O erro de calculo do governo Paulo Câmara, que imaginava que afastando as associações de praças da mesa de negociação conseguiria enfiar goela a baixo a proposta que quisesse, ao que parece esta repercutindo e fazendo efeito contrário ao que a sua assessoria esperava.

Fato é que após anunciar, o aumento depois de muita pressão, a insatisfação tomou maiores proporções, e agora o "Gbmar" decidiu aderir a operação padrão e só trabalhar dentro da legalidade, imagens que chegam através de rede social mostra a situação no grupamento responsável por patrulhar a faixa litorânea sobretudo as praias do estado.

Os bombeiros se queixam da falta de equipamentos de proteção individuo além da precariedade dos veículos disponíveis para o serviço.

Veja a mensagem e as fotos que circulam no WhatsApp:

"Gbmar, reunido para não ir as ruas, pois estão sem os matérias necessários para o serviço, fora a insegurança no posto. Está sendo determinado que vá para o posto mediante a ameaças de retaliações... advogado se dirigindo nesse momento a unidade.

Viaturas baixadas. sem placa e ônibus sem cinto de segurança e outros qrms."

Nenhum comentário:

Postar um comentário