sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Em defesa do estado democrático de direito Advogados e representante da OAB apresentam denuncia contra comandante do 16° BPM

Fotos: WhatsApp

Hoje pela manhã, no 16° BPM centro do Recife advogados da ACS PE, ao comparecer a sede daquele Batalhão de polícia, para verificar denuncia de abuso de autoridade por parte do comandante daquela unidade policial, que teria como vítima policiais militares, daquela OME, para a surpresa de todos, foram eles próprios, os advogados, vítimas de abuso de autoridade e impedidos de ter acesso a seus clientes, que aderiram a operação padrão e não aceitam trabalhar em jornada extra conhecida como Pjes.

O Estatuto da advogacia garante ao advogado acesso irrestrito a seu cliente, no entanto, o comandante do 16° BPM, se achou na competência de revogar tal prerrogativa fundamental ao estado democrático de direito e impediu o acesso dos advogados que de pronto chamaram um representante da OAB - PE e a confusão foi para na corregedoria da polícia.

Os Doutores Eduardo Morais, Coordenador do Jurídico da ACS-PE, juntamente com o Dr. Wendell também Advogado da ACS-PE, e mais o Dr Frederico Vilaça, representante da OAB-PE, foram na Corregedoria da SDS-PE, onde representaram contra o comando do 16º BPM por abuso de autoridade!

É fundamental que atitudes como essa, sejam repreendidas de imediato, para que comportamento como este não se torne rotina nos quarteis e nem tão pouco se propaguem na sociedade, é pois, fundamental que o estado democrático de direito, seja respeitado e garantido de forma plena a todos os cidadãos pernambucanos.

2 comentários: