terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Até quando? Rotina de medo toma conta do comércio de Surubim


Motocicleta usada no assalto a Credimóveis e Milena moveis

Surubim continua sofrendo com a onda de assaltos que tira a tranquilidade da população, que sofre diariamente com a falta de segurança e por isso é vitima de constantes assaltos, que já se tornaram um custo a mais para moradores e comerciantes da cidade, para aumentar as estatísticas no dia de ontem 23 de Janeiro do corrente ano elementos armados, mais uma vez assaltaram lojas do comercio de Surubim, em um único momento os bandidos fizeram vitimas as lojas Credimóvies e Milena, ambas que ficam na Avenida Agamenon, no centro de Surubim, uma ao lado da outra.

Esse crime mostra mais uma vez a ousadia dos criminosos e também evidencia as falhas na estrutura de segurança dos municípios da região, o crime foi praticado por um elemento armado e muito alterado que a todo instante ameaça as vitimas e que após roubar as duas lojas fugiu em uma motocicleta roubada que foi identificada pela placa que é "PFL3304" e consta no sistema "infoseg" como sendo do município de Vertente do Lério e teria sido roubada, ou seja, em um único momento tivemos a concretização de três crimes, que são o roubo da moto e os dois assaltos as referidas lojas. 

No episodio mais uma vez foram levados diversos celulares, que como bem sabemos são moeda de fácil aceitação no mundo do crime e que serve para alimentar o tráfico de drogas, bem como o comercio de peças de reposição de celulares alem do mercado negro de aparelhos, que faz prospera comerciantes desonestos que infelizmente se utilizam de tais produtos para obter lucro fácil e vender serviços de concerto de aparelhos prejudicando os profissionais sérios que atuam no mercado.

Resta saber que providencias serão tomadas pelas autoridades, para por fim a essa situação desesperadora e que coloca em risco a vida dos moradores da cidade, diante do acontecido esta na hora de fazer a seguinte pergunta " vão esperar acontecer uma tragedia para tomar uma providencia?

Com a palavras as autoridades do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário