quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Possível prisão do Presidente da ACS PE, causa Revolta nos Policiais Militares de Pernambuco

Fotos: WhatsApp

A possível prisão do Presidente da Associação de cabos e soldados de Pernambuco, que no atual momento está a frente de uma mobilização em defesa da valorização e melhoria nas condições de trabalho dos policiais e bombeiros militares de Pernambuco causa revolta é aumenta a adesão dos policiais ao processo de mobilização dos policiais.

Nessa primeira etapa buscando abrir a mesa de negociação fechada pelo governo do Estado, os polícias estão em operação padrão e se recusando a tirar serviço extra voluntário o chamado pjes, como também exigindo as condições mínimas de segurança e legalidade as viaturas.

Ironicamente o policial que fiscaliza a documentação dos veículos do cidadão, muitas vezes ronda em viaturas sem documentação em dia e sem itens de segurança.

Em virtude de tal situação em alguns batalhões da região metropolitana não saiu se quer uma viatura por falta de documentos e equipamentos de uso obrigatório.

Tal situação agrava a situação da segurança no Estado que vive uma crise sem precedentes, os polícias reclamam que já não há mais de onde tirar forças para manter o esforço de oferecer segurança sem ter por parte do governo um reconhecimento minimo.

Alberison Carlos é o representante legítimo da categoria policial militar, pois foi eleito democraticamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário