sábado, 10 de dezembro de 2016

Mobilização de Policiais Militares de Pernambuco desgasta Imagem do Governador Paulo Câmara



Político vive de imagem e esse desgaste foi desnecessário ao Governador de Pernambuco, o Senhor Paulo Câmara, e infelizmente se reflete diretamente nos pilares da instituição, faltou traquejo político, pois, excluí  as associações representativas dos policiais militares da mesa de negociação e negociar apenas com os "Coronéis" foi um erro.
Tudo transcorria para um fim de ano tranquilo com todos tirando suas cotas de ( serviço extra), "pjes" de forma tranquila, mais ai "pah", o mundo vira de cabeça para baixo, quando se descobriu que os Coronéis da PM, estavam negociando entre quatro paredes com o governo sem a presença das associações representativas e para piorar a situação, numa gesto de força a pedido do comando da policia militar o governo simplesmente acaba com a mesa de negociação e tal atitude foi interpretada pelos policias como um gesto de desaforo e falta de respeito.
Tal situação ocasionou o seguinte quadro, o efetivo revoltado, as falhas da segurança sendo expostas da pior forma possível, policiais se recusado a trabalhar nas folgas para completar o policiamento, se recusando a trabalhar sem as condições mínimas de segurança e legalidade nas viaturas. O que tem causado uma diminuição significativa no policiamento em Pernambuco.

Este momento vivenciado na segurança de Estado é 
Fruto de inabilidade política, mal acessória e vaidade, que acabou com já mencionei no afastamento das associações do processo de negociação em um ato de voluntarismo sem necessidade e para no final volta tudo ao status quo, ou seja, o governo resolveu voltar atrás e  vai negociar com as associações e não apenas com os coronéis que são ocupantes de cargo comissionados e devem satisfação ao Governador.

Só que agora a negociação será feita a sombra de um efetivo mobilizado e atento a todos os movimentos do Governo, e como também revoltado, inclusive desacreditado em alguns comandos, o que é péssimo a uma instituição bicentenária, que com sua postura sóbria tão bem serve a sociedade pernambucana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário