sábado, 24 de dezembro de 2016

Associações de Cabos e Soldados Apresenta denuncia no Ministério Público contra o Comando da Polícia Militar

Presidente da Associação de Cabos e Soldados apresentou no ministério público de Pernambuco denuncia contra o Comando da Policia Militar em virtude de abuso de autoridade contra policiais que se recusam a vender suas folgas, e trabalhar em jornadas extras conhecidas como Pjes.

Os policiais militares de Pernambuco inciaram um processo de operação legal, no qual trabalham apenas em seus serviços normais, sem aderir a jornadas extras, este procedimento se deu em virtude do Governo do Estado na Pessoa do Governador Paulo Câmara, ter se negado a negociar com as Associações representativas da classe policial, e querer negociar apenas com os comandantes de Batalhão, que são cargos escolhidos pelo próprio governador, ou seja, Paulo Câmara quer negociar com quem lhe deve o cargo comissionado, isso garante que na mesa de negociação só serão tomadas decisões de acordo com a vontade do Governador.

Esta situação não é aceita pelos policiais militares  sobre tudo os praças que não veem com bons olhos o desejo dos Coronéis de lhes representar em virtude de que estes nunca se preocuparam com o bem esta dos praças.

O governo do Estado chegou inclusive a excluir as associações da mesa permanente de negociações com o intuitito de sufocar as associações.
                

Nenhum comentário:

Postar um comentário