sábado, 21 de novembro de 2015

Associação de Cabos e Soldados - PE, sofre duras Críticas por conta de negociação de Plano de Cargos e Carreiras

Após processo de negociação a respeito do Plano de Cargos e Carreiras, que no final de um longo processo de negociação que já se arrasta a messes as associações estão sofrendo um chuva de criticas nas mídias sociais principalmente a mais importante delas, no caso a ACS -PE, Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco.

Pois segundo os praças a proposta apresentada pelo governo e aceita pelas associações representa um retrocesso se comparado inclusive com o que já existe, pois tal proposta garante para os praças apenas três promoções ao longo da carreira, sendo uma a cada dez anos, ou seja, quem entra soldado com dez anos será promovido a Cabo, com mais dez a 3° Sargento e mais dez 2° Sargento, com isso vai para a reforma como 1° Sargento. 

Já os oficiais ganharam a garantia de que no final da carreira chegaram a Tenente Coronel ainda na ativa e se aposentaram como Coronel Fechado.

O projeto ainda será submetido a votação na ALEPE, mas já desagrada em muitos os policiais militares.

Em Virtude da discordância do que foi acertado a ACS -PE tem sofrido uma enxurrada de críticas nas mídias sociais, inclusive foi lançado no WhatsApp uma campanha pela desfiliação em massa, com direito inclusive a divulgação da imagem de um slide que abaixo reproduzo, no qual é perguntado: Eles nos representam?

É possível perceber a indignação da tropa nas mensagens de WhatsApp. 

Acompanhe parte dos diálogos abaixo:


                     









Imagens: Grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário