terça-feira, 18 de agosto de 2015

DEPUTADOS COBRAM AÇÕES EFETIVAS DO ESTADO CONTRA A VIOLÊNCIA



O crescimento da violência em Pernambuco foi tema, nesta segunda (17), de pronunciamentos no Plenário da Alepe. Citando os aumentos nos índices de criminalidade, deputados da base aliada e da Oposição cobraram do Executivo melhorias nas condições de trabalho dos policiais e medidas efetivas para aumentar a segurança no Estado.

Em discurso, o deputado Bispo Ossésio Silva (PRB) destacou a possível falência do programa Pacto Pela Vida, cujas metas “deixaram de ser alcançadas”. De acordo com o parlamentar, enquanto delegacias deixam de funcionar por falta de estrutura e de efetivo, houve um aumento de 300% no número de assaltos a bancos e de 42% nos assaltos a ônibus, além dos mais de 2 mil homicídios e 150 assassinatos de mulheres.

“Se o Pacto Pela Vida não funciona mais, está mais do que na hora de rever suas ações e estratégias. É preciso realinhar o programa de acordo com as necessidades atuais”, expressou Ossésio.

Coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Segurança Pública, o Deputado Joel da Harpa (PROS) criticou a recente declaração do secretário de Defesa Social do Estado, Alessandro Carvalho, que atribuiu o crescimento do número de homicídios em Pernambuco à recusa dos policiais civis e militares de participar do Programa de Jornada Extra (PJE).

“O policial não é obrigado a fazer trabalho extra. Mesmo assim, a maioria das viaturas na Região Metropolitana circula hoje com policiais que estão no PJEs, trabalhando na sua folga por um salário pequeno”, disse. “Os policiais não podem ser culpados pela irresponsabilidade da Secretaria de Defesa Social”, emendou Joel.

Fonte: Blog de Joel da Harpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário