sexta-feira, 19 de junho de 2015

Soldado Feminina da PM para não ser estuprada se joga do segundo andar de casa e perde os dos bebês que esperava, pois, a mesma estava grávida de gêmeos! E quem é que vai pagar por isso? Cadê os Direitos Humanos?



Na manhã de terça-feira (16), uma policial militar da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), perdeu os dois bebês. A mulher, de 26 anos, teve que se jogar do segundo andar de sua casa depois de ter sido rendida por um jovem armado. Segundo informações do 'Extra', o invasor teria pedido para a soldado tirar a roupa. Com medo, ela se jogou.
De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, a vítima ligou para o 190 e uma viatura foi acionada. Então, a mulher foi levada para o hospital e já foi liberada. A mulher estava com três meses de gravidez, de gêmeos - esses seriam os primeiros filhos dela. O criminoso fugiu com uma mochila e a farda da militar.
Ao 'Extra', a mãe da vítima disse que "ela só viu um na sala, mas escutou um barulho e achou que ele pudesse estar acompanhado. Provavelmente ele entrou pela casa do vizinho. Foi uma coisa terrível que aconteceu na nossa família".
A soldado pulou de uma altura de mais de três metros. O caso foi registrado na 23ª DP (Méier), que investiga o crime.

Fonte: notícias ao minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário