segunda-feira, 1 de junho de 2015

Mudança de rumo: delegados de Pernambuco decidem engavetar inquéritos recentes para investigar casos antigos



Em busca de uma mudança dentro da própria corporação, os delegados de Pernambuco decidiram investigar os inquéritos de acordo com a ordem cronológica dos casos. A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) tomou a decisão ao fim da primeira assembleia da categoria, realizada semana passada. O grupo explica que o gesto tem a intenção de recuperar a “dignidade profissional” da classe. A ação deve interferir diretamente nas metas do Pacto pela Vida.

O presidente da Adeppe, Francisco Rodrigues, afirmou que o Pacto pela Vida foca apenas nos homicídios mais recentes e esquece as vítimas e familiares dos casos mais antigos, ainda não esclarecidos. “Mas todos os crimes merecem igual esforço na elucidação e, em respeito ao cidadão, agora o foco será na ordem cronológica”, frisou o delegado.

Na assembleia, também ficou estabelecido o ajuizamento de ação de cobrança de horas extras trabalhadas e de adicional noturno. Apoiados pela Adeppe, os delegados vão exigir o cumprimento das formalidades nas convocações extraordinárias, a exemplo de ofícios e do pagamento de diárias.

A associação ressalta que, embora a Polícia Civil tenha obtido a terceira colocação nacional na elucidação das investigações de homicídios, os delegados recebem o pior salário do País.

Fonte: Blog de Jamildo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário