quarta-feira, 13 de maio de 2015

Nordeste na pauta de assassinato de jovens


Após instalação e eleição dos integrantes, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar os homicídios da juventude brasileira, presidida pela senadora Lídice da Mata (PSB-BA), aprovou plano de trabalho apresentado pelo relator, senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Lídice esclareceu que, num primeiro momento, serão feitas três audiências no Senado, para traçar um diagnóstico do tema e, depois, a Comissão irá votar proposta de visitas públicas nos estados com maior incidência de assassinato de jovens.
O Nordeste será uma das localidades prioritárias nesse cronograma, uma vez que registrou o maior crescimento no assassinato de jovens no período (2002-2012). Ou seja, quase duplicou os homicídios na década, saindo de 10,9 mil para 20,9 mil, com destaque negativo para Maranhão, Bahia  e Rio Grande do Norte, onde as taxas mais que triplicam. Também outros estados, como Alagoas, Ceará e Paraíba, sem chegar ao extremo dos anteriores, ostentam índices de crescimento bem elevados, mais que duplicando os números medidos em 2002. A única unidade a evidenciar quedas na região foi Pernambuco, com uma regressão de 25,2% na década.

Fonte: Blog do Magno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário