domingo, 26 de fevereiro de 2017

Abuso de autoridade: Major da Polícia Militar toma fantasias que criticavam o Prefeito do Recife e o Governador

            

O Galo da madrugada teve situações absurdas que chamaram a atenção do Brasil, como esta do vídeo acima, onde um major da polícia militar tomou as fantasias de uma troça carnavalesca, que protestavam contra o governador e o prefeito do Recife por supostos envolvimentos em escândalos de corrupção.

O oficial da polícia a frente de uma patrulha apreendeu o material usado para satirizar as figuras políticas, sem qualquer explicação ou justificativa tendo em vista que o material não oferecia qualquer perigo aos demais foliões.

Segundo consta esse mesmo Major já havia invadido um prédio residencial, sem mandado de busca e apreensão, para tomar fantasias desse mesmo grupo, esta fato absurdo foi registrado em um outro vídeo que circula nas mídias sociais.

As vitimas do major, procuram a corregedoria da polícia e o ministério público para denunciar o caso.

Segurança não tem preço! Vejam o Exemplo de Santa Catarina, lá os policiais são valorizados


Nos últimos meses o povo pernambucano tem assistido de forma impotente o desenrolar de uma crise entre os policiais militares que reclamam por condições minimas de condições de trabalho e recomposição salarial, no entanto, o governo tem se recasou a negociar com os representantes dos policiais e deu preferencia por negociar apenas com os coronéis da policia que exercem cargos de confiança e são leis ao governador.

Esse fato causou revolta na base da tropa composta por soldados, cabos e sargentos que já previam o que aconteceu, a proposta de aumento contemplou os coronéis com um aumento imediato de mais de R$ 10.000,00 reais, enquanto que o aumento dos saldados ficou em tono de R$ 800,00 reais divido em três parcelas ao longo de dois anos.

A tropa se sente completamente desrespeitada e desvalorizada pela atual administração que procura mostrar esse aumento como sendo um ato de valorização da tropa e o pior ainda diz que os policiais estão satisfeitos com a proposta.

Resultado os policiais realizam uma operação padrão e se recusam a trabalhar em escalas extras, o que tem causado muito transtorno na segurança pois é justamente esse serviço extra voluntario que ajuda manter a segurança da população pernambucana.

Pelo visto o governador precisa apreender um pouco com o governo do Estado de Santa Catarina.

Cidadão Revoltado que teve a moto da filha roubada faz duras criticas ao governador Paulo Câmara

O Caos na segurança tem causado revolta nos cidadãos Pernambucanos, que já não aguentam mais ser vitimas da violência desenfreada que atinge a todos.

O cidadão do vídeo se revoltou após a motocicleta da filha ser roubada por marginais e fez o vídeo onde chama o governador Paulo Câmara, a assumir suas responsabilidades perante o povo de Pernambuco.             

           

Secretário da SDS age sob o império da ilegalidade

Imagem SDS/Divulgação

Em reiteradas oportunidades e se utilizando do espaço na mídia que o cargo proporciona, o Senhor Secretário de Defesa Social Ângelo Gioia tem desferido severos ataques às associações que representam os Militares estaduais.

Nesse particular, chegou ao ponto de dizer que as entidades representativas agem na clandestinidade (contra a lei e a moral). Em outras ocasiões, utilizando da estratégia nazista de Goebbels
repetiu a exaustão que as entidades deveriam respeitar a hierarquia e disciplina, como se o policial e bombeiro possa ser destinatário de todo e qualquer tipo de ilegalidade e nada tenha a reclamar.

Pois bem, o Secretário Ângelo Gioia parece desconhecer que o direito de associação é "pleno" sendo vedada qualquer espécie de "intervenção do Estado" (art. 5, incisos XVII e XVIII da Constituição Federal).

Ao defender que as Associações não tem representatividade para agir por seus associados o Secretário SDS massacra, mais uma vez, o texto constitucional que assim determina:

Art. 5
XXI - as entidades associativas, quando expressamente autorizadas, têm legitimidade para representar seus filiados judicial ou extrajudicialmente*

A finalidade de uma associação não é outra senão agir judicial ou extrajudicialmente em defesa dos seus associados, como tem acontecido com as entidades representativas de Militares de Pernambuco, que tem se utilizado de instrumentos legítimos de reivindicação como, por exemplo, a entrega do programa VOLUNTÁRIO de jornada extra de segurança (PJES), bem como a exigência que o princípio da legalidade também seja extensível para dentro dos muros dos quartéis.

Uma Associação não deve hierarquia a ninguém, do contrário esvaziar-se-ia completamente seu sentido de existência. 
O Supremo Tribunal Federal tem reconhecido o direito de representação e críticas que as associações vinculadas aos militares são dotadas (vide HC 106808 de relatoria do Ministro Gilmar Mendes).

Se houvesse que se falar em ilegalidade, a toda evidência, esse comportamento tem sido observado pelos atos capitaneados pelo Estado de Pernambuco, dentre os quais podem ser citados: 1) Suspensão do código de desconto no contracheque dos associados, responsável pela sobrevivência das Associações; 2) Determinação de retorno do representantes das Associações para trabalharem na polícia, em prejuízo da gestão das entidades; 3) Ordem de Prisão do Coordenador e Vice-Coordenador da Associação dos Cabos e Soldados (ACS/PE).

Todas essas medidas foram tornadas sem efeito pela justiça, inclusive, a decisão que relaxou a ilegal prisão do representantes da ACS expressamente consignou que o ato configurava um injustificado *ABUSO DE AUTORIDADE.

Não satisfeito, o senhor Secretário da SDS que tem histórico inclusive de ter enfrentado processo criminal proposto pelo Ministério Público Federal -MPF, que o acusou de forjar inquéritos contra servidores, editou a Portaria 717 de 17.02.2017 afastando das funções públicas o Coordenador e Vice-Coordenador da ACS/PE, Alberisson Carlos da Silva e Nadelson Leite Costa, respectivamente, bem como o Presidente da AME. Vlademir José de Assis.

Trata-se de mais um ardil astuciosamente montado e arquitetado por quem constantemente vem tomando medidas que sirvam para impressionar desavisados e desinformados.

Essa medida é inócua, tendo fim apenas de publicidade para reforçar o ataque a imagem das Associações e seus representantes e será logicamente objeto de questionamento judicial.

A liberdade de associação está inserida no rol de direitos e garantias fundamentais da Constituição, é cláusula pétrea, é um dos pilares do Estado Democrático de Direito, e configura um dos eficazes instrumentos no combate a um Estado tirano.

Ao pretender diminuir o sentido jurídico das associações, e assim retirar a voz de representação que os Militares, na verdade, esse atual governo persegue nitidamente utilizar da amordaça e permitir que os mais graves abusos sejam cometidos na corporação e ninguém possa "gritar".

Os princípios da hierarquia e disciplina, que jamais foram açoitados pelas Associações, dialogam perfeitamente com o Princípio da Dignidade da Pessoa Humana que encontra igualmente agasalho no rol de direitos e garantias fundamentais do pergaminho constitucional.

Ao Excelentíssimo Secretário Ângelo Gioia recomenda-se revisitar as lições primárias do direito, especialmente constitucional, ou, alternativamente, se o caso for outro, de tomar um chá de sensatez e honestidade intelectual.

Nada obstante, seja por desconhecimento técnico ou desapego a princípios éticos e da moralidade administrativa que a função exige (art. 37 da Constituição), por sua conduta amplamente reunida em diversos vídeos, áudios e declarações na imprensa escrita, o Senhor Ângelo Gioia será demandado civilmente, por denegrir de forma reiterada a imagem das Associações, sem prejuízo de medidas criminais, uma vez que o cargo por ele ocupado vem sendo utilizado de maneira manifestamente ilícita com indiscutível desvio de finalidade e abuso de autoridade.

Advogados da ACS/PE

François Cabral

Jethro Ferreira 

Eduardo Morais

Advogado da AME

Emerson Leônidas

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Texto escrito por um Coronel do Exército esclarecer algumas verdades sobre o trabalho dos soldados da Policia Militar

Nas mídias sociais especificamente WhatsApp, circula um texto simplesmente brilhante escrito por um Coronel do Exército Brasileiro, no qual o mesmo com muita sabedoria analisa o atual momento vivido pelo Estado brasileiro diante da crise na segurança pública, o texto fala por se só leiam e reflitam.


Do Cel CARLOS ALBERTO BASTOS MOREIRA
A TODOS MEUS IRMÃOS EM ARMAS.

Não se iludam com aplausos de intervenção de EB.
Nós não fomos feitos para isso, a não ser para policiarmos áreas em que já destruímos o inimigo praticamente de maneira total, pelo emprego total de nossas armas e poder de fogo.

Não temos o perfil de patrulhar ações pontuais, em área completamente sob o poder do inimigo.
Estão nos colocando ( e a nosso potencial humano combatente ) numa situação de fragilidade perante a lei do politicamente correto, Qualquer militar que atira, que matar, certamente vai começar tendo sua arma recolhida, para exame balístico.

Isso não existe para nós na guerra, nossa destinação.
Somos totalmente diversos de uma destinação da honrosa policia, por princípios de emprego.
O policial atira se a voz de prisão não for respeitada....
Exercito é feito para atirar primeiro e quem não quiser morrer que se renda. Totalmente diferente. Ou não funciona e só desmoraliza.
Policia é muito mais capaz de atuar nesses eventos pontuais de desordem. 

Nós somo profissionais do aniquilamento, embora muitos que já se tornaram "vovôs" tenham perdido a noção desse conceito. Temo muito por nossos rapazes, soldados, demais graduados e oficiais.... largados numa arena e tendo um braço amarrado ....

Não se esqueçam ou por isso me critiquem: nós somos profissionais do aniquilamento do inimigo e só somos aptos a patrulhar áreas onde nosso potencial já se fez totalmente sentido.
Não somos policia. Policia é coisa especializada. Nos somos o Caos.

A guerra. 
Temo a desmoralização... as armas recolhidas para balística pelos " direitos humanos, etc, etc...
Temo o Tenente preso e abandonado pelos chefes (como já aconteceu no Alemão)...temo a proximidade de conversas com o inimigo. temo mais um escândalo.


C2-50 Manual de Campanha da Cavalaria .... Art....paragrafo ..... " é terminantemente PROIBIDO entabolar conversações com o inimigo. Qualquer tentativa deste, nesse sentido, deve ser repelida pelas armas "..
Vai dar para fazer sem que a " justiça" ( que está em posição de emboscada ) não condene o guerreiro que seguiu o regulamento..???..
Eu não consentiria a menos que houvesse Lei Marcial e estado de Guerra.
Eu gosto de soldados...
E quando uma mãe manda seu filho para servir ao Exercito, ela até sabe que ele pode morrer em alguma guerra. Mas jamais se conformará se ele for preso por atirar em vagabundo.

ASPRA - PE monta força tarefa para defender Bombeiros Militares de Pernambuco

Advogados da ASPRA montam força tarefa para atender demanda de militares punidos 

Com o apoio de quatro advogados, a diretoria da Associação de Praças de Pernambuco  (ASPRA- PE) receberam na manhã de hoje (17), parte dos bombeiros que foram punidos pelo Governo do Estado por participarem do movimento reivindicativo da categoria. O presidente José Roberto Vieira e os diretores Ivanildo Lucas, Salatiel Berto e Paulo Aquino escutaram a todos e avaliaram caso a caso.


“Não sabemos porque tomaram essa atitude radical de punir a todos com prisão ou detenção. Estavam todos nós seus horários de folga e a liberdade de ir e vir deve ser respeitada”, questiona José Roberto. A meta agora é elaborar as defesas de cada um e ingressar com ações na Justiça.  “O papel da ASPRA é esse: cuidar da tropa, defender e representá-Los quando necessário”, conclui.

Até o momento, 38 bombeiros punidos com detenções que variam entre 25 e 30 dias, a serem cumpridas nas unidades de cada um. Já o presidente José Roberto e outros dois diretores foram levados a Conselho, ou seja, correm o risco de serem expulsos do Corpo de Bombeiros. 

A advogada Dra. Jackeline Acioli, lembra que tão logo seja notificado, o bombeiro deve procurar a ASPRA pois terá o prazo de apenas dois dias úteis  para apresentar sua defesa. “Estamos a postos pois sabemos que novos casos vão surgir. Montamos uma força tarefa entre os advogados para atender a todos os casos que chegarem”, conta.

Fotos e Fonte: WhatsApp/Aspra

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Após polêmica reporte Isly viana se retrata por fala em relação a policiais militares

Imagem internet
A Reporte da TV clube de Recife, Isly Viana após se envolver em polêmica com soldados da polícia e bombeiros militar de Pernambuco a reporte se retratou publicamente em seu programa de TV, a mesma afirmou que não era sua intensão ofender os policiais, e que inclusive toda equipe da emissora reconhecia a importância de tais profissionais que arriscam suas vidas para poder proteger a sociedade.

Agora a PM vai marcha em uma só cadência, Clube de oficiais decidiu aderir a operação padrão

Texto divulgado em mídias sociais informando sobre a adesão dos oficiais a operação padrão da polícia militar de Pernambuco.

Reunião Clube dos Oficiais

Fora realizada, nesta data (06), das 16:00 às 20:00, na sede do Clube dos Oficiais PM/BM, uma reunião a cerca da proposta salarial apresentada pelo governo do estado para as Corporações. Participaram da reunião cerca de 300 (trezentos) Oficiais da ativa e da reserva remunerada, representantes de todos os Postos se fizeram presentes e lá tiveram a oportunidade de falar a respeito do tema e de outros anseios da Oficialidade e da tropa.

Foi unânime a insatisfação de todos os Oficiais com a proposta apresentada pelo governo e diante desta insatisfação ficaram deliberados os pontos abaixo:

- Adesão de todos os Oficiais à Operação Polícia Legal já em curso pela tropa;
- Cobrar IPVA pago de todas as viaturas;
- Oficiais também dizem não ao PJES;
- Entregar as Aulas dos cursos de formação em andamento;
- Apoiar e orientar a tropa nas ações já deliberadas pela ACS;
- Oficiais tomarão à frente das ações da Polícia Legal, trazendo novas deliberações inclusive;
- Os Oficiais entregarão requerimento para não serem escaldados em
Serviços extras no carnaval a exemplo da tropa;
- Melhorar as relações com a tropa dentro dos quartéis;
- Reconquistar o respeito e a liderança da tropa;
- Apresentar propostas de promoções ( 1x1, promoção de 6 em 6 anos, promoção por requerimento, fim da blindagem, etc);
- Apresentar nova proposta salarial com paridade com a Polícia civil de CEL a Sd;
- Entregar as propostas aos Cmts da PM e BM para encaminhamento ao governo;
- Entregar a mesma proposta na SAD, SDS e imprensa;
- O presidente do clube dos Oficiais visitará as OMEs para incentivar o apoio de todos os Oficiais e Comandantes ao movimento Polícia Legal;
- O Clube dos Oficiais divulgará a exemplo da ACS, mensagens de incentivo e orientações quanto ao envolvimento dos Oficiais na Operação Polícia Legal; 
- Todos os Oficiais sugerirão medidas legais de pressão ao governo para execução pelos Oficiais e pela Tropa.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Reporte da TV Clube de Recife, recebe crítica de soldado do corpo de bombeiros após diminuir importância de soldados


                 


O texto a seguir foi publicado no WhatsApp, e reflete toda revolta por conta do tom desdenhoso utilizado pela reporte Isly Viana, apresentadora da TV Clube, que ao comentar sobre a proposta do governo do Estado aos policiais, desdenhou o papel e a importância dos soldados da polícia e do corpo de bombeiros.



A mesma disse que a proposta que a proposta para a polícia militar representava uma grande conquista para um "soldado da polícia militar" que ganharia mais do que um profissional graduado a exemplo de um reporte. 


Bom dia. Me chamo JAMERSON, sou SOLDADO do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, Mat: 710004-3, estou nessa honrosa corporação há exatos 6 anos. Dentre os quais, labuto em minha escala operacional, no Moto Resgate, linha de frente do GRUPAMENTO DE BOMBEIROS DE ATENDIMENTO PRÉ HOSPITALAR (GBAPH) localizado no Varadouro em Olinda. 

Segue um breve relato deste SOLDADO, Pois bem, não bastasse o risco inerente da minha profissão (BOMBEIRO MILITAR), pasmem os srs, por minha livre e expressa vontade, me condicionei tanto físico quanto mentalmente, para me especializar e concluir com êxito o 6° CURSO DE MOTO RESGATE, um dos cursos mais "Ralados" existente em nossa corporação.

E Sabem qual o real motivo de me capacitar e conduzir motocicletas em alta velocidade, no trânsito caótico que temos???? PARA QUE OUTROS POSSAM VIVER, afinal de contas nosso lema é: VIDAS ALHEIAS RIQUEZAS SALVAR. 

Posso afirmar que este simplório SOLDADO neste pouco tempo de caserna, já realizou inúmeros resgates, (vítimas presas em ferragens, vitimas atropeladas, resgate em ambientes confinados, vítimas de agressão, suicidas, já entrei dentro do canal do Arruda e do canal em Setúbal, ufa não vai dá pra relatar tudo aqui), Faço aqui singelos votos, que a nobre apresentadora Isly Viana, jamais necessite do trabalho exercido por este que vos fala, ou melhor pelos SOLDADOS, TANTO DA PMPE QUANTO DO CBMPE, que exercem tão nobre missão, ao saírem de seus lares para se doarem em prol dos outros. 

Diga-se de passagem o tratamento é e sempre será o melhor possível, dentro de nossa realidade. Fica aqui registrado meu repúdio, ante ao infeliz e quiçá preconceituoso comentário exercido por tal apresentadora, no programa Bom dia, da Tv Clube exibido em 06/02/17. 

Sim, a propósito já ia esquecendo, devido ao fato de ser SOLDADO, NÃO SIGNIFICA DIZER QUE SOU LEIGO, "BURRO", INSCULPIDO DE POUCO SABER OU DISCERNIMENTO. Me tornei um combatente do fogo, pelo sonho de criança, "SALVAR VIDAS" e ainda fui forjado na BRIOSA PMPE, que tive a honra de vergar tal uniforme por quase 2 anos. 

O que significa dizer que fui aprovado em ambos os concursos, tanto da polícia quanto do bombeiro. SOU FORMADO EM SISTEMAS PARA INTERNET, GRADUANDO EM CIÊNCIAS JURÍDICAS (8°PERIODO) NO PRESENTE REALIZANDO TAMBÉM ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E PROCESSO PENAL, E AINDA POR CIMA SOU SOLDADO DO CBMPE, POR INCRÍVEL QUE PAREÇA.

Tiros na Viatura da PM: Mesmo sem a devida valorização Policiais militares sempre a serviço da sociedade

Hoje segunda feira a tarde na Avenida Sul, em Recife, uma viatura da polícia militar foi crivada de balas, ao socorrer um cidadão que estava sendo assaltado.

Segundo relatos os policiais da "PB Coelhos" perceberam quando homens estavam assaltando um Taxista, quando deram ordem de prisão, os marginais, atiraram na viatura acertando o "para-brisa" no lado motorista o Sd. Claudio, revidou com disparos de dentro da viatura e os elementos saíram em fuga.

O Gati copiou a ocorrência e seguiu no apoio detento um elemento sem arma. O outro fugiu para sentido "Joana Bezerra e ou Coelhos".

Essa ocorrência serve para mostra que a luta dos policiais é por valorização, dignidade e condições de trabalho para poder oferecer um serviço de mais qualidade a população e mesmo diante das dificuldades os policiais não deixam de cumprir seu dever e sempre estão dispostos a defender o cidadão pernambucano.